26/06/2012

Amor de R$ 1,99



Você me prometeu que nunca se apaixonaria e que eu também não me apaixonaria por você, mas então, estamos nós dois aqui, tão próximos e tão distantes. Eu num mundo totalmente diferente do seu, mesmo estando lado a lado. Eu tenho coração e você cérebro  e eles nunca estão na mesma sintonia. Quando perguntam, digo que é amor, você diz que é paixão. Eu tento não te magoar, e você só me machuca com os olhos.

Toda vez que nossos lábios se tocam, sinto algo novo e nos tornamos um só, mas e para você? É o mesmo?  Ou sou simplesmente uma daquelas líderes de torcida que azarava no intervalo? Todos dizem que eu te amo muito mais que você me ama, está escrito nos meus olhos não acha? Mas eu fiz uma promessa, nós fizemos, nunca iríamos nos apaixonar  e seria um relacionamento aberto, mas eu quebrei o trato, estou perdida e loucamente apaixonada pelo seus olhos, seu sorriso, sua alma e seu coração. Mas você não sente o mesmo por mim.

Sou daquelas que compara as pessoas com coisas ou palavras, como por exemplo, eu sou a palavra "talvez" não me pergunte porque, mas é assim que eu me sinto. Já você eu costumo comparar á uma "bolha de sabão" - lindo, atraente, perfeito, brilhante, comovente, gentil, suave - e vazio. Ás vezes me pergunto se tem um coração aí dentro. Procuro não responder.

Se eu sofro? Nem um pouco [ironia], aprendi contigo á ser gélida e calculista, mas ainda tenho um coração e nem todas as vezes dá para relevar um amor não correspondido. Mesmo esse amor estando em meus braços. Quando eu te ligo e você não atende, eu finjo acreditar que você não ouviu a chamada, mas no fundo eu sei que você viu o celular tocar e deixou de lado, você não faz o tipo "namorado atencioso". Nosso "amor" até parece que foi comprado em uma loja de R$ 1,99 no qual, eu ainda sai no prejuízo.



4 comentários:

Thayná Moraes disse... [Responder comentário]

Texto realmente lindo, se foi você que escreveu esta de parabéns !

Elisandra Fernandes disse... [Responder comentário]

Foi eu sim, muito obrigada kk realmente foi relaxante "desabafar"

Beijos Thayná ♥

Tatyane Rodrigues disse... [Responder comentário]

Nossa Li, parabéns, seus textos estão cada vez melhores. Reúne eles e monta um livro menina. Vai ajudar muita gente, pelo menos o grupo das suas leitoras, que assim como eu, devem se identificar demais.

Beijos,Alerta de Tendência

Elisandra Fernandes disse... [Responder comentário]

Obrigada Taty, já estou escrevendo um livro, mas é sobre outro assunto kkk

Fico feliz que tenha se identificado ♥

Postar um comentário

Olá, você gostou desse post? Comente, é muito importante para nós da Equipe Just Now! ♥